MENU      
BUSCAR

VIDEOCONFERÊNCIA COM A FENABAN PARA ENFRENTAMENTO DA PANDEMIA DO COVID-19

Publicado em 14/04/2020

 Na tarde desta segunda-feira (13/04), a Comissão Executiva Bancária Nacional de Negociação – CEBNN/CONTEC realizou a 4ª reunião por vídeo com a Comissão de Negociação da FENABAN, a partir de 13/03/2020, para enfrentamento da pandemia Covid-19:

Na reunião de hoje, a CEBNN Contec buscouconvencer a FENABAN da:

1) importância do uso de máscaras pelos bancários que se encontram atendendo serviços essenciais;

2) necessidade de apoio da FENABAN para auxílio das autoridades públicas na organização das filas externas, para evitar aglomerações;

3) exigência de rigorosa limpeza/desinfecção dos teclados, maçanetas, torneiras, pisos, portas giratórias, mobiliário e todo o ambiente das dependências;

4) entrega de senhas para atendimentos, objetivando reduzir o número de pessoas nas filas;

5) destacou necessidade do mesmo tratamento dado ao grupo de riscos ao trabalhador que reside com alguém do grupo de risco;

6) pede que uso do banco de horas e férias sejam facultadas aos trabalhadores;

7) mais informações à sociedade e aos bancários da importância do destaque do trabalho dos bancários que estão se expondo para atender as atividades essenciais;

8) solicita tratamento de insalubridade ou periculosidade seja estendido aos bancários que estão se expondo para atender as atividades essenciais;

9) conveniência de redução excepcional da jornada do almoço objetivando reduzir o tempo de exposição dos bancários que estão atendendo os serviços essenciais;

10) necessidade de os bancos suportarem os salários dos bancários afastados em decorrência da pandemia;

11) alerta da proximidade dos períodos de epidemia de H1N1 e de Dengue, que se acumularão com a covid-19;

12) obrigação de buscarmos encontrar alternativas próprias, para não sermos pautados por MPs; e,

13) dever de encontrarmos alternativas para evitarmos efeitos de pressões feitas por segmentos que fazem propostas sem visão/preocupação com a sociedade como um todo.

A FENABAN informa que não tem autorização para negociar o tema redução de jornada, que ainda não está definido. Alerta que pandemia poderá durar até cinco meses e que polícia está se preparando para atuação mais intensa tão logo a situação exija, mas está disposta a corroborar pedido de auxílio na organização de filas externas. Alega que exposição à pandemia do covid-19 é diferente do ambiente insalubre/perigoso, visto que risco não se dá exclusivamente no ambiente de trabalho e que a maior parte do dia/noite os bancários passam fora do ambiente de trabalho.

Diz que o debate sobre as MPs deve ser tratado isoladamente e que bancos não pretendem pagar bancários afastados que não se encontram trabalhando em home office, mas que se faz necessário negociarmos, visto que trabalhadores não podem ficar sem receber. Destacou que bancos estão convencidos da necessidade de manutenção do isolamento.

Lembra que a 1ª reunião por videoconferência para enfrentamento do covid-19 ocorreu em 13/03/2020, destacando que o contágio tem velocidade digital. Ressalta que no dia 17/03 já havia bancários trabalhando em home office e que em 20/03 bancários afastado das dependências dos bancos já somavam mais de 100 mil e hoje já superam 250 mil.

Informa que um só banco doou um bilhão de reais para combate à covid-19 e que dez bancos nacionais decidiram apoias empresas brasileiras para fabricação de respiradores, com aporte de 272 milhões de reais. Registra que durante a pandemia teremos menos recursos e menos compras e que a economia deverá demorar a decolar novamente. Defende a necessidade de negociação para mitigarmos o risco de crédito e inadimplência.

Parabeniza dirigentes destacando que, com o isolamento negociado, evitamos milhares de contaminações e salvamos muitas vidas.

Confirmou que os bancos Itaú-Unibanco, Bradesco e Santander darão início ao processo de vacinação contra a H1N1 a partir de São Paulo capital, no próximo dia 15.

ORIENTAÇÃO: Pedimos divulgar junto à todas as entidades filiadas e aos bancários, solicitando que estes façam as denúncias aos Sindicatos pelos meios virtuais.

Comissão Executiva

 
 
Rua Duque de Caxias, 95 | Centro | Uberlândia – MG 2º Piso Fone : (34) 3236-7277 Fax : (34) 3236-3803