MENU      
BUSCAR

Pedidos de seguro-desemprego crescem 22% no mês passado em relação a abril de 2019, diz governo

Publicado em 13/05/2020

 

Segundo dados do Ministério da Economia, foram 135.575 pedidos a mais em abril deste ano que em abril de 2019. Em relação a março deste ano, aumento foi de 39,4%. (Por Laís Lis, G1)

A Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia informou nesta segunda-feira (11) que o número de pedidos de seguro-desemprego em abril foi 22,1% maior que em abril do ano passado.

O aumento dos pedidos se dá em meio à crise econômica provocada pelo avanço da pandemia da Covid-19. Em relação a março deste ano, houve um aumento de 39,4% no número de requerimentos.

De janeiro a abril de 2020 houve 2,337 milhões de pedidos de seguro-desemprego, um aumento de 1,3% em comparação com o mesmo período do ano passado, quando houve 2,306 milhões de pedidos.

Em abril, 41,6% dos pedidos vieram de trabalhadores do setor de serviço, seguido por comércio, com 27,7%, pela indústria (19%) e pela agropecuária (3,7%).

Em nota, a Secretaria de Trabalho estimou que até 250 mil pedidos ainda devem ser feitos nos meses seguintes por não poderem ter sido feitos de forma presencial nos meses de março e abril.

Isso porque o trabalhador formal que tem direito ao seguro-desemprego tem até 120 dias para pedir o benefício.

A secretaria afirmou que dados indicam que esses trabalhadores aguardam a abertura das unidades do Sistema Nacional do Emprego (Sine), que são de administração municipal e estadual e estão sem atendimento por causa das medidas de isolamento social adotadas para conter a propagação do novo coronavírus.

Em abril deste ano, 87% dos pedidos foram feitos pela internet. Em abril de 2019, 1,7% dos pedidos foram feitos pela internet.

Fonte: G1

Diretoria Executiva

 
Rua Duque de Caxias, 95 | Centro | Uberlândia – MG 2º Piso Fone : (34) 3236-7277 Fax : (34) 3236-3803